Histórico

O Departamento de Análises Clínicas (ACL) foi criado em 1989 (Portaria 001/MEC/89 de 02.01.89; Portaria 626-A/GR/89 de 27.06.89 e Ofício 041/PDT/89 de 12.06.89), a partir do desmembramento da Divisão de Análises Clínicas do Departamento de Processos Diagnósticos Terapêuticos e Complementares (PDT).
Nessa ocasião, o Professor Arício Treitinger foi designado chefe e o Professor Mário César Garcia, sub-chefe do Departamento de Análises Clínicas e assumiram, entre outras, a função de administrar a organização do ACL.
O Corpo Docente do Departamento, então, era constituído por: Abrão Bechara Seleme, Adilson Espezim Laus; Arício Treitinger; Djalma Lebarbenchon; Egon Steiner; José Sidney Capanema; José Tadeu Pinheiro; Lenilza Mattos Lima; Lia Marly Schmidt; Luiz Alberto Peregrino Ferreira; Lumar Valmor Bértoli; Luiz Carlos Pimentel; Maria de Lourdes Fontanive Capanema; Maria de Lourdes Rovaris; Mario Cesar Garcia; Masahyoshi Hangai; Rogério Nichele Rocha; Tânia Silvia Fröde Saleh; Vilma Maria Rosa Amaro; Wilson Valgas dos Santos.
O primeiro Chefe de Expediente foi o Servidor Mário Cesar Ferreira, estando ainda lotados no Departamento os servidores: Cléia Maria Galliani Lofy, Luiz Alves de Souza e Mário Kobus.
Em 2002, foram inaugurados os Blocos J e K (Prédios de Laboratórios do Centro de Ciências da Saúde) para abrigar as novas instalações do Departamento de Análises Clínicas, constituído por 9 Laboratórios didáticos, Secretaria, salas para Professores, sala de aula, entre outras.
O Departamento desenvolve atividades de ensino no Curso de graduação em Farmácia-Análises Clínicas da UFSC, sendo responsável pela habilitação Farmacêutico-Bioquímico/Análises Clínicas, ministrada da oitava à décima fase. São oferecidas cerca de 90 vagas anuais, 45 por semestre.
Atualmente o Departamento conta com 23 professores efetivos, em regime de dedicação exclusiva, dos quais 20 possuem título de doutor, 3 possuem título de mestre (1 afastado para doutoramento) e 1 especialista.
O Departamento conta com a colaboração também de 6 servidores, sendo que 3 possuem graduação, 2 são especialistas e 1 com titulo de mestre.
O Departamento de Análises Clínicas alterna com o Departamento de Ciência Farmacêutica e o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, a Presidência do Colegiado do Curso de Graduação em Farmácia da UFSC.
Juntamente com o Departamento de Ciências Farmacêuticas, o Departamento de Análises Clínicas e alguns Departamentos do centro de Ciências Biológicas, oferece o Curso de Pós-Graduação em Farmácia, a nível de mestrado.
Atualmente, uma proposta de reformulação do curso de graduação em Farmácia vem sendo discutida por todos os departamentos envolvidos nesse curso, de modo a atender ás Diretrizes curriculares do Ministério da Educação, sem perder de vista as características e a vocação da UFSC.